As Missivas - O Livro dos Meus Dias

Missivas: cartas, epístolas ou, simplesmente, bilhetes que são enviados a alguém.

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

"Um poeta é sempre irmão do vento e da água: deixa seu ritmo por onde passa." Cecília Meireles

.............................................O Ritmo do Homem no Compasso de Deus........................................

30.10.08

Primavera no Inverno



Inspiração: Lucas 10, 25 - 37



Poucas vozes. Tantos vultos. Outras vozes. Nunca olhares. Muitos juízos, de vem em quando injustos. Muitos povos. Poucos próximos. Ah! estar meio morto é estar apagado, entristecido. É não ver sentido. É não ter desafios. É ter-se deixado levar por quem eu não podia. É perder a dignidade, o respeito e a emoção.
É querer tudo e não ter nada. É ter "tudo" e não querer mais nada. Desde que lhe vi em viagem, me recordo de onde eu vim. Lá eu era livre e parece que tenho fugido da liberdade procurando uma prisão. E de fato encontrei. Aprisionei-me buscando liberdade. Procurei respostas prontas. Encontrei muitas perguntas. Procurei por muitas praças. Encontrei muitas celas.

Tantos passaram por mim e nada fizeram. Passei por tantos em igual ou pior condição e nada fiz. Quem esteve ao meu lado e estive do lado de quem? Quem foi meu próximo e fui próximo de quem?

Eterno, tu tens suportado os meus dizeres negativos. Tens suportado o meu desejo de prisão, a minha falta de respeito e o castigo que eu mesmo me criei. Tu deixaste por um momento o teu cavalo. Me fizeste subir na tua montaria. Colocaste este morto em teus ombros e devolveste a vida e o movimento.

Deste-me o amparo e ainda levaste-me a uma casa. Deste-me comida e colocaste alguém para de mim cuidar. Peço-te que guardes este hospedeiro. Peço-te que me ensine a ser como tu, pois quero ser mais próximo dos outros; de mim; de ti. Quero ver oásis em desertos, primavera no inverno.


04.10.08

Marcadores: , , , ,

6 Comments:

Blogger Drica said...

talvez eu tenha entendido, talvez não
às vezes eu me pergunto se quem escreve quer que as pessoas entendam no texto exatamente o que pensou ou se quer que as pessoas entendam o que bem entenderem.

eu em geral sou óbvia quando escrevo, muitas vezes nem querendo ser

1:11 AM  
Anonymous teiliane said...

Amor!!!
ameiiiiiiiiiiii!!!
ficou muiiito bem escrito,mesmo! só pra variar! =)
amo vc!!

" Qro oásis no deserto, primavera no inverno!"

8:37 AM  
Blogger Ana Karla said...

Que lindoo, perfeito, sempre escrevendo algo que eu me indentifico heim?:)
Parabéns pela unçào, vou roubar viu e claro dar-lhe os crédito.:)
Abraçoss

9:40 PM  
Blogger Paulo said...

Gostei do que li e, não estando a criticar quem quer que seja, tudo o que se lê, para quem lê pode não ser tão obvio assim. Podemos ler de maneira diferente e mesmo assim termos razão.

12:15 PM  
Blogger Joana said...

Ah,eu nem sei se interpretei oq vc quis dizer,mas gostei mto do texto,li cm se vc estivesse comunicando-se c Jesus,amparado por ele e a última frase cm um pedido p encarar os problemas de outra maneira,sempre procurando algo de bom nas dificuldades!Oásis no deserto e primavera no inverno!

12:51 AM  
Blogger m.milena :) said...

O texto ficou belíssimo. Não só esse, estou lendo os antigos e eles tambéme stão ótimos. Você escreve muito bem.. Parabéns!

1:32 PM  

Postar um comentário

<< Home