As Missivas - O Livro dos Meus Dias

Missivas: cartas, epístolas ou, simplesmente, bilhetes que são enviados a alguém.

Minha foto
Nome:
Local: Brazil

"Um poeta é sempre irmão do vento e da água: deixa seu ritmo por onde passa." Cecília Meireles

.............................................O Ritmo do Homem no Compasso de Deus........................................

2.5.08

Infinito


Cada passo. Cada pedaço de chão. Árvores que passam e passam e passam a cada metro percorrido. Neste ato voluntário de ser mais nobre, num devaneio insensato, descontente e temeroso. O fato é que o que era voluntário passa a ser padronizado, num quase que involuntário desencontro na beleza das marés.

Pegadas na areia demonstram tantos rostos que por lá já passaram e desfrutaram o infinito. Bem ao longe um crepúsculo e bem perto um passarinho. Ah! Como eu queria, que fosse por um dia, sobrevoar nas ondas bem tranquilas de um céu amarelado. Ah! como eu queria, que fosse por um dia, apelar só no tempero ao desfrutar do infinito.

13 Comments:

Anonymous nareka said...

Sério, cada vez que leio interpreto de um novo jeito. Me vêm em mente um turbilhão de imagens....

mas principalmente... "Ah! Como eu queria, que fosse por um dia, sobrevoar nas ondas bem tranquilas de um céu amarelado."

tudo o que sinto (Y)!

1:34 AM  
Blogger *Drikoletes* said...

só teve uma parte do texto q eu não entendi...mas eu gostei dele!!
e da figura tb ^^

1:49 AM  
Blogger Naiara said...

Achei tudo liindoo.Ahh como eu queria tb desfrutar deste infinito. :]

1:52 AM  
Blogger camilafacanha said...

O texto esta muito bonito e nos leva a ter varias reflexoes e interpretaçoes desse infinito que todos queremos desfrutar :D

2:11 PM  
Anonymous Marih Xavier said...

"Pegadas na areia demonstram tantos rostos que por lá já passaram e desfrutaram o infinito."

Caramba.. tudo lindo.

3:52 PM  
Blogger Gizelle said...

cada dia que passa me orgulho mais de ser tua amiga..
lindo esse texto..
a parte que mais gostei foi..
" Pegadas na areia demonstram tantos rosto que por lá já passaram e desfrutaram o infinito. "

muito lindo..
beiijo e fica com Deus.

10:34 PM  
Anonymous katy said...

Que o infinito se faça perto a cada rosto que por ele passar!
muito massa o texto,que Deus continue te inspirando a escrever palavras do céu!!!
te amo meu irmao!!!

7:37 PM  
Blogger lucas said...

"Pegadas na areia demonstram tantos rostos que por lá já passaram e desfrutaram o infinito."

muito boa essa parte mesmo!
abraco ae mah!
fica com Deus!

10:21 PM  
Blogger Adna said...

Eu acho muito legal blog,Mais nunca tive um e esse ano ai que é dificio mesmo ;~ Mais por enquanto vou olhando um pouco do seu e do de algumas pessoas e lendo os textos lindos o/ Beijos Deus abençoe ;*

7:44 PM  
Anonymous Marília Studart said...

Ai como eu desejo o infinito, às vezes eu tinha a ilusão de que ele pudesse caber dentro de mim, mas "caber" é um verbo que não sustenta o infinito...não há lugar para o infinito dentro de mim, só é possível se comunicar com ele estando em comunhão com toda forma de VIDA...

11:05 PM  
Blogger Anderson Carvalho said...

Aew DINHO!

Inspirado viu...
Reflexão total..
Quem de nós não teve essa vontade de poder ser um passarinho e voar e voar..

Q DEUS te abençoe irmão!


ps: Só uma dica > Se tu juntasse todos esses posts dava um livro já viu..

12:12 PM  
Anonymous Renata Monteiro said...

"Ah! Como eu queria, que fosse por um dia, sobrevoar nas ondas bem tranquilas de um céu amarelado. Ah! como eu queria, que fosse por um dia, apelar só no tempero ao desfrutar do infinito."
Ah como eu queria...

Dinho não preciso nem falar que sou fã dos teus textos!hehehe
lindo!
;*

3:55 PM  
Blogger Camilla said...

ah como eu queria tb!!!!

10:23 PM  

Postar um comentário

<< Home